Após arrecadar mais de cinco toneladas de alimentos em live solidária, projeto cultural vai contemplar mais 300 famílias com doações durante o mês de agosto.

Projeto Cultural Ribeira Boêmia arrecada mais de 5 toneladas de alimentos em live Luana Tayze Realizado há duas semanas, o "Samba Solidário em Casa" arrecadou mais de cinco toneladas de alimentos e o Projeto Cultural Ribeira Boêmia, então, decidiu reabrir as inscrições para os beneficiários.

O principal objetivo é ajudar os profissionais da música que estão sem renda fixa desde o início da pandemia do novo coronavírus no Rio Grande do Norte. Os interessados podem procurar a Casa da Ribeira para se cadastrar.

Cerca de 100 famílias já receberam doações.

Durante o mês de agosto, outras 300 devem ser contempladas com kits contendo cesta básica, material de higiene, produtos de limpeza, álcool em gel e máscaras de proteção. A live solidária do Ribeira Boêmia arrecadou 5.166 kg de alimentos; 300 kits de higiene e limpeza; 1.400 litros de álcool em gel, desinfetante e água mineral, além de 4.600 máscaras de proteção.

As doações partiram de empresas apoiadoras e pessoas físicas que assistiram à transmissão no YouTube.

As contribuições em dinheiro foram convertidas em donativos.

O montante foi contabilizado pelo Programa Mesa Brasil Sesc. Cadastro Os novos cadastros de profissionais que vivem da música e estão desamparados serão feitos pelo e-mail casadaribeiranatal@gmail.com ou pelo WhatsApp (84) 98704-0265.

Os dados solicitados são: nome completo; CPF ou RG; endereço; profissão; ocupação atual; quantidade de dependentes; renda média mensal familiar atual e telefone de contato. A primeira live do Ribeira Boêmia, realizada no dia 18 de julho, alcançou quase 3 mil acessos simultâneos e já teve até agora mais de 38 mil visualizações (veja aqui).

Foram seis horas de muito samba e valorização do artista potiguar, com destaque para as participações de Dodora Cardoso, Berthone Oliveira, Junior Santos e Sueldo Soares.